Condomínio

Condômino antissocial: como prevenir e denunciar condutas inadequadas

Nos últimos tempos, viver e conviver em condomínios tem sido um ato de superação e resiliência. Afinal, incompatibilidade de convivência, barulhos excessivos, confusões e condutas desagradáveis e inconvenientes podem significar que o residencial abriga um condômino antissocial.

Ao contrário do que muita gente imagina, dividir o endereço com um condômino antissocial é diferente de ter um vizinho reservado, quieto, “na dele”. Uma pessoa antissocial é oposta aos costumes e interesses condominiais e possui atitudes que vão contra o bom convívio e promovem desconforto aos demais moradores.

Conhecendo essa definição, você lembrou de algum vizinho? Se ele protagoniza os atritos do seu condomínio, certamente o título de condômino antissocial é todo dele! Então confira que medidas tomar, como denunciar e como prevenir que comportamentos como esses fiquem frequentes onde você mora.

Como prevenir condutas inadequadas?

De acordo com Andrea Melo Mattos, delegada titular da Delegacia de Intolerância de Porto Alegre, antes de recorrer a um registro de ocorrência, síndicos e gestores podem promover campanhas preventivas, especialmente em momentos de reunião com os condôminos, lembrando sempre de evitar expor e constranger o condômino antissocial em assembleias. Além disso, também podem criar um grupo no WhatsApp para informar sobre assuntos relacionados ao condomínio, somente com o administrador autorizado a enviar mensagens, e outro grupo com interação, com claras regras de conversação.

Como denunciar um condômino antissocial?

Andrea explica que a melhor alternativa para denunciar casos de preconceito, de violência doméstica e de maus tratos no condomínio, por exemplo, é fazer um registro de ocorrência. No entanto, em Porto Alegre, dentro da própria Delegacia de Combate à Intolerância, a delegada afirma que a mediação, uma espécie de composição de conflitos, tem sido cada vez mais aplicada como forma de empoderar a vítima e resolver os problemas de maneira rápida e amigável. E o melhor: o índice de reincidência dos casos que foram mediados não passa de 1%.

Condomínio em Foco – Agosto/2021

Na edição de agosto de 2021, condômino antissocial foi tema do programa Condomínio em Foco, que contou com a presença do nosso coordenador jurídico Carlos Matheus e com a delegada Andrea Melo Mattos. Assista ao vídeo e confira esse superconteúdo na íntegra!


Um condômino antissocial já foi motivo de dores de cabeça para você? O assunto é polêmico e existem inúmeras dúvidas e várias experiências a respeito dessa temática. Por isso, sempre que precisar, envie seus questionamentos para o e-mail juridico@creditoreal.com.br, que nós podemos ajudar você a melhorar esses e outros aspectos do seu condomínio!

Veja também essas matérias

Veja mais postagens

Imóveis Crédito Real

Central de atendimento: 51 3214.1414

Siga a Crédito Real YouTubeInstagram

Baixe nosso aplicativo