Blog Crédito Real

4 principais dúvidas sobre auditoria em condomínios

Ficar de olho nas contas, conferir se a receita e as despesas estão batendo e comprovar que tudo está sendo administrado com boa fé e do melhor jeito, além de ser uma das melhores práticas dentro da comunidade condominial, é interesse do síndico e também dos condôminos, que todo mês direcionam uma grana para manter o boleto do condomínio em dia. Para isso existe a auditoria em condomínios, que pode ser preventiva ou investigativa, contratada pelo síndico anterior ou pelo atual, realizada por um profissional formado e serve para importantes observações.

Entenda a diferença entre os tipos, por quem cada uma normalmente é contratada, quais requisitos o auditor deve cumprir e por que é importante realizar, dúvidas superfrequentes para quem administra ou vive em condomínios.

4 dúvidas frequentes sobre auditoria em condomínios

1- Qual a diferença entre auditoria preventiva e investigativa e quem contrata?

A auditoria preventiva, frequentemente contratada por síndicos que ainda não têm total conhecimento do trabalho, realiza um acompanhamento mensal das pastas financeiras e verifica se algo está em desacordo com a legislação. E a auditoria investigativa, normalmente contratada por síndicos anteriores ou atuais, principalmente quando um sai e outro assume, verifica se tudo foi realizado corretamente e comunicado com clareza.


2- Quem pode realizar uma auditoria?

Independente do tipo escolhido, uma auditoria em condomínios deve sempre ser realizada por um contador formado. Também é imprescindível que o profissional tenha registro no Conselho Regional de Contabilidade e inscrição no Cadastro Nacional de Auditores Independentes.


3- O que uma auditoria em condomínios verifica?

Realizar uma auditoria condominial é uma excelente maneira de verificar se os recursos do condomínio estão sendo utilizados de forma correta, sem irregularidades. Afinal, a saúde da relação entre receita e despesas é uma das maiores preocupações de quem gerencia o patrimônio.
A auditoria em condomínios verifica a convenção, as certidões do condomínio, a relação de gastos com aprovação decidida em assembleia e a adequação de impostos e guias. Com isso é possível criar um plano de ação e resolver as principais dúvidas e desconfianças em relação ao caixa.


4- Por que é importante realizar uma auditoria em condomínios?

Transparência é a chave de tudo! E em condomínios a desconfiança quase sempre surge como consequência da falta de comunicação e da pouca clareza dos números que mais interessam. E é aí que entra a auditoria! Ela exerce um papel superimportante na revisão dos procedimentos, além de orientar o síndico sobre boas práticas de gestão e dar suporte para que ele realize um ótimo trabalho, sem margens para suspeitas e incertezas.


Condomínio em Foco – Outubro 2021

Auditoria em condomínios foi o tema do Condomínio em Foco de outubro! Na edição, Carlos Matheus Gutierrez, nosso coordenador jurídico, e Dr. João Custódio, diretor executivo da Fortus Group, responderam tudo sobre o assunto. Clique no vídeo e confira na íntegra!

>>>VÍDEO AUDITORIA EM CONDOMÍNIOS<<<


Ficou com alguma dúvida sobre esse ou outro assunto relacionado a condomínios? Mande suas perguntas para o e-mail juridico@creditoreal.com.br, que a gente ajuda você!

Gostou do Post? Deixe seu comentário aqui!