Blog Crédito Real
estações de recarga de veículos elétricos

Estações de recarga de veículos elétricos

A adoção de hábitos sustentáveis tem, felizmente, transformado a maneira de viver, de agir e de morar, além de criar verdadeiros desafios para residenciais e cidades. Com essa nova realidade, o interesse das pessoas pelo uso de carros elétricos impacta diretamente a vida em condomínio, sobretudo nos mais antigos. Isso ocorre porque é nele que estações de recarga de veículos elétricos são instaladas, gerando, muitas vezes, impasses entre vizinhos.

Com a necessidade de adaptação e de preparação para o momento atual, os carros elétricos, de fato, trouxeram na carona inúmeras dúvidas aos condôminos, síndicos e gestores. Questionamentos sobre conta de luz, infraestrutura e instalação são os principais pontos debatidos por quem já presencia essa tecnologia que chegou para ficar.

estações de recarga de veículos elétricos

Quem paga a conta de luz?

Para que os proprietários de carros tradicionais não sejam impactados pela escolha de outros vizinhos, Pedro Schaan, CEO e fundador da Zletric, explica que as estações de recarga de veículos elétricos são instaladas diretamente no box privativo. Com isso, informações sobre o consumo, medido individualmente, são enviadas automaticamente para a administradora de condomínios, que inclui esses custos de carregamento no boleto condominial. Isso significa que cada um dos usuários de carros elétricos é responsável somente pela energia do que o próprio carro consumiu. Vizinhos que não têm esse novo tipo de veículo ficam completamente isentos dessa conta.

Os condomínios estão preparados para receber estações de recarga de veículos elétricos?

Diante dessa nova realidade, construções recentes têm trazido, desde a planta, a possibilidade de instalação de pontos de carregamento. Um problema, no entanto, pode afetar residenciais mais antigos, que precisam receber adaptações para atender a demanda de pessoas que optaram por carros elétricos.


De acordo com o CEO e fundador da Zletric, esse tipo de automóvel consome o equivalente a um ar-condicionado de maior potência ou um chuveiro elétrico. Sendo assim, a maioria dos condomínios está, sim, apta a receber um, dois ou cinco carros elétricos sem ter complicações. Os obstáculos, apesar disso, poderão surgir em quatro ou cindo anos, quando acontecer uma maior popularização dos carros elétricos e os condomínios precisarem comportar estações de recarga de veículos elétricos em maiores quantidades.

A instalação das estações de recarga de veículos elétricos é segura?

Pedro Schaan afirma que todo ponto de recarga requer que a instalação seja executada por um profissional habilitado, além de um projeto de engenharia elétrica, com emissão da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica).

Dessa forma, todas as pessoas envolvidas no processo ficam, sim, protegidas e o condomínio tem a garantia de que vai receber a energia consumida de volta, que a instalação foi feita de uma maneira tecnicamente correta e que o condômino vai utilizar o ponto de carregamento com segurança e no conforto do lar.

Condomínio em Foco – Setembro/2021

Na edição de setembro de 2021, estações de recarga de veículos elétricos em condomínios foi o tema do programa Condomínio em Foco, que contou com a presença do nosso coordenador jurídico Carlos Matheus Gutierrez e com CEO e fundador da Zletric Pedro Schaan. Assista ao vídeo e confira, na íntegra, tudo sobre esse assunto superatual.


Como vimos, carros elétricos não são o futuro. Carros elétricos já são o presente! Tem algum no seu condomínio? Deixe seu comentário e compartilhe com a gente como você e seus vizinhos enfrentam essa realidade.


E se surgirem dúvidas sobre esse assunto que tende a ficar cada vez mais recorrente, envie um e-mail para juridico@creditoreal.com.br, que nós podemos ajudar você a resolver esses e outros aspectos do seu condomínio!

Gostou do Post? Deixe seu comentário aqui!